Fundos Imobiliários

Invista em empreendimentos imobiliários e receba uma renda mensal sem ter que comprar um imóvel.

Permite o investimento em ativos imobiliários, como shoppings centers, galpões logísticos, escritórios, imóveis comerciais e residenciais, dentre outros tipos, recebendo parte de seus rendimentos.

O que são Fundos Imobiliários (FII)?

Fundos Imobiliários são fundos que tem como objetivo investir em ativos imobiliários de diversos segmentos. Nesta modalidade, o investidor compra cotas desses fundos e passa a receber rendimentos mensais, além da possível valorização das cotas.

Principais Tipos de Fundos Imobiliários

 

  • Fundos de Renda (Tijolo)

São os Fundos Imobiliários que investem em imóveis já prontos e ganham com a renda de aluguéis gerados. É semelhante a comprar uma casa e receber aluguéis, mas com liquidez e diversificação de locais e inquilinos. Veja os principais tipos de imóveis:

  • Shopping centers;
  • Galpões logísticos;
  • Lajes corporativas;
  • Universidades e escolas;
  • Imóveis residenciais e comerciais;
  • Hospitais;
  • Hotéis.

 

  • Fundos de Recebíveis Imobiliários

Também conhecidos como fundos de papel, são aqueles que investem em ativos financeiros do mercado imobiliário, como por exemplo os CRIs, (Certificados de Recebíveis Imobiliários), que é um instrumento utilizado para financiar operações no mercado imobiliário utilizando imóveis como lastro no negócio.

 

  • Fundos de Desenvolvimento Imobiliário

Este tipo de fundo capta recursos dos investidores para desenvolver projetos residenciais ou comerciais, adquirindo terrenos e construindo imóveis com o intuito de vendê-los ou alugá-los posteriormente.

 

  • Fundos de Fundos (FOF)

São fundos que investem em outros fundos imobiliários, funcionando como uma grande cesta de ativos diversificados entre os mais diversos segmentos do mercado. Ideal para aqueles que querem investir de forma passiva, delegando a gestão dos ativos a profissionais da área.

Como funciona a tributação destes fundos?

Uma grande vantagem dos fundos imobiliários é que os dividendos recebidos em forma de proventos são isentos de imposto de renda. Já em caso de venda das cotas, o investidor deverá pagar 20% de imposto de renda sobre o ganho de capital.

Quais os riscos de investir?

Por ser um investimento de renda variável negociado em bolsa, os fundos correm riscos de mercado, podendo sofrer variações em seus preços.